Translate

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

SEMANA NACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E MÚLTIPLA






22 a 26 DE AGOSTO: SEMANA NACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA IMTELECTUAL E MÚLTIPLA
Tema: “A pessoa com deficiência quebra a cultura da indiferença. Tenha coragem de ser diferente".


Sugestões de Atividades Interdisciplinares
Tema: Diferença? Que Diferença é Essa?


Menina Bonita do Laço de Fita



Era uma vez uma menina linda, linda.
Os olhos pareciam duas azeitonas pretas brilhantes, os cabelos enroladinhos e bem negros.
A pele era escura e lustrosa, que nem o pelo da pantera negra na chuva.
Ainda por cima, a mãe gostava de fazer trancinhas no cabelo dela e enfeitar com laços de fita coloridas. Ela ficava parecendo uma princesa das terras da áfrica, ou uma fada do Reino do Luar.
E, havia um coelho bem branquinho, com olhos vermelhos e focinho nervoso sempre tremelicando. O coelho achava a menina a pessoa mais linda que ele tinha visto na vida.
E pensava:
- Ah, quando eu casar quero ter uma filha pretinha e linda que nem ela...
Por isso, um dia ele foi até a casa da menina e perguntou:
- Menina bonita do laço de fita, qual é o teu segredo para ser tão pretinha?
A menina não sabia, mas inventou:
- Ah deve ser porque eu caí na tinta preta quando era pequenina...
O coelho saiu dali, procurou uma lata de tinta preta e tomou banho nela. Ficou bem negro, todo contente. Mas aí veio uma chuva e lavou todo aquele pretume, ele ficou branco outra vez.
Então ele voltou lá na casa da menina e perguntou outra vez:
- Menina bonita do laço de fita, qual é o seu segredo para ser tão pretinha?
A menina não sabia, mas inventou:
- Ah, deve ser porque eu tomei muito café quando era pequenina.
O coelho saiu dali e tomou tanto café que perdeu o sono e passou a noite toda fazendo xixi. Mas não ficou nada preto.
- Menina bonita do laço de fita, qual o teu segredo para ser tão pretinha?
A menina não sabia, mas inventou:
- Ah, deve ser porque eu comi muita jabuticaba quando era pequenina.
O coelho saiu dali e se empanturrou de jabuticaba até ficar pesadão, sem conseguir sair do lugar. O máximo que conseguiu foi fazer muito cocozinho preto e redondo feito jabuticaba. Mas não ficou nada preto.
Então ele voltou lá na casa da menina e perguntou outra vez:
- Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha?
A menina não sabia e... Já ia inventando outra coisa, uma história de feijoada, quando a mãe dela que era uma mulata linda e risonha, resolveu se meter e disse:
- Artes de uma avó preta que ela tinha...
Aí o coelho, que era bobinho, mas nem tanto, viu que a mãe da menina devia estar mesmo dizendo a verdade, porque a gente se parece sempre é com os pais, os tios, os avós e até com os parentes tortos.
E se ele queria ter uma filha pretinha e linda que nem a menina, tinha era que procurar uma coelha preta para casar.
Não precisou procurar muito. Logo encontrou uma coelhinha escura como a noite, que achava aquele coelho branco uma graça.
Foram namorando, casando e tiveram uma ninhada de filhotes, que coelho quando desanda a ter filhote não para mais! Tinha coelhos de todas as cores: branco, branco malhado de preto, preto malhado de branco e até uma coelha bem pretinha. Já se sabe, afilhada da tal menina bonita que morava na casa ao lado.
E quando a coelhinha saía de laço colorido no pescoço sempre encontrava alguém que perguntava:
- Coelha bonita do laço de fita, qual é o teu segredo para ser tão pretinha?
E ela respondia:
- Conselhos da mãe da minha madrinha...

 Ana Maria Machado


Sugestões de Atividades

Oralidade
·        
Leitura dramatizada em voz alta pelo professor
·         Interpretação do texto de forma oral (o professor elabora perguntas sobre o texto para certificar-se de que houve compreensão)
·         Escrever o seguinte trecho no quadro para que as crianças leiam, até decorar:  “ Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha?”
·         Numa segunda leitura da história as crianças participarão fazendo o papel do coelhinho fazendo a pergunta acima.
·         Conversa na rodinha sobre as diferenças entre cada ser vivo: plantas, animais, seres humanos. E sobre a importância dessas diferenças para a harmonia do universo.
_“Que graça teria se todas as plantas, todos os animais e todas as pessoas fossem iguais? Isso causaria problemas? Quais?”
_ E se todas as árvores frutíferas só dessem limão?
_ E se todas as pessoas fossem da mesma cor, torcessem pelo mesmo time, gostassem dos mesmos livros, etc.
·         Conversa sobre o respeito que devemos ter pelos outros, pois cada um de nós é diferente ( ampliar o sentido de diferente também para as pessoas  portadoras de necessidades especiais)


Escrita e outros registros
·        
Retirar do texto palavras ou frases para trabalhar os conteúdos do programa do professor.
·         Escolher uma frase para que cada aluno circule as letras do seu nome
·         Ilustração da história pelos alunos.
·         Ditado de palavras (retiradas da história) com sílabas simples ou complexas dependendo do nível da turma.
·         Escrever palavras do texto juntas para que reescrevam separadamente. Ex: casa damenina:.............................................
·         Circular a maior palavra de um trecho. Ex: Era uma vez uma menina linda, linda.
Os olhos pareciam duas azeitonas pretas brilhantes, os cabelos enroladinhos e bem negros.


Observação
·          
Observar os colegas para perceber as diferenças físicas e de personalidade, depois descrevê-los.
·         Sair da sala para observar os diferentes tipos de plantas e animais que nelas vivem. Ex: passarinhos, formigas, borboletas e outros.


Produção de texto oral ou escrito
·          
A partir da gravura que segue abaixo as crianças criarão histórias e contarão para os colegas.
·         As crianças criam a história e professor escreve no quadro, após a leitura coletiva (2, 3 ou mais vezes), as crianças escrevem o texto no caderno.



Maria José Oliveira Lins
Zezinha

3 comentários:

Nita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nita disse...

Olá:

Muito interessante. Gostei.
Agradeço que curta meu facebook.

Um beijo.

Nita

Bruna Andrade Lima disse...

Parabéns pelo seu trabalho!
Estou começando um blog agora e gostaria mto da sua visita!! Será um prazer receber sua visita!

beijos!!