Translate

domingo, 8 de maio de 2016

História de Poesia

                           

Era uma vez, uma cabeça               
Tinha ouvidos para ouvir
Boca para falar
E umas ondas que iam e vinham
Chamadas pensamentos.
Que nunca queriam parar.
Dona Cabeça ouvia de tudo
E às vezes falava demais
E assim os pensamentos
Ficavam perdidos por aí
Com toda aquela confusão
Sem saber para onde ir.

Era uma vez um coração
Ele não tinha ouvidos para ouvir
Não tinha boca para falar
Nem ondas que iam e vinham
Sem saber onde chegar.                     
Tinha uma caixinha mágica
Mais parecia uma sacolinha
Lá dentro ele guardava versos
As vezes os versos sorriam
E em estrofes se dividiam
Outras vezes, com frio
Juntos se reuniam
E o coração sempre que podia
Parava para ouvir
Lentas e lindas melodias
Era assim, em paz e feliz
Que o amigo coração
Distribuía poesias.

Zezinha Lins



Um comentário:

Poesia do Bem disse...

Lindo amiga Zezinha